Eu vi: Batalha dos Sexos

Todas as fotos foram retiradas: google Oi gente! Hoje vim além de indicar esse filme que eu achei sinceramente espetacular e que, ok, ...

Resultado de imagem para battle of the sexes
Todas as fotos foram retiradas: google

Oi gente! Hoje vim além de indicar esse filme que eu achei sinceramente espetacular e que, ok, eu sei que 2018 ainda está no começo, mas já está eleito como melhor filme do ano para mim. E vim também discutir o assunto do filme.

A Batalha dos Sexos (Battle of the Sexes) estreou em outubro do ano passado e é baseado em fatos reais. Não conhecia até então os verdadeiros nomes da história dos jogadores de tênis, Billie Jean King (interpretado maravilhosamente por Emma Watson) e Bobby Riggs (interpretado por Steven Carell, que olha, se o verdadeiro Bobby era um idiota que nem Steven interpretou, uau, que atuação maravilhosa também).

Resultado de imagem para battle of the sexes   
É admirável a semelhança que os atores tiveram, principalmente, Steven.
Uma disputa de tênis entre o ex-campeão Bobby Riggs e a líder da classificação mundial Billie Jean King  se torna centro de um debate global sobre igualdade de gêneros. Presos sob a atenção da mídia e com ideologias diferentes, Riggs tenta reviver as glórias do passado, enquanto King questiona sua sexualidade e luta pelos direitos das mulheres. 
Guerra (ou Batalha) dos Sexos começa mostrando Billie Jean King lutando por igualdade salarial nas competições oficiais de tênis e junto à ela, há várias outras tenistas que buscam pela mesma igualdade. E isso que estamos falando de 1973, se naquela época já se lutava por direitos iguais é triste ver hoje, quase cinquenta anos depois, estarmos ainda na luta por isso.

Billie Jean King não só enfrentou a pressão dos machistas, como também no decorrer do filme, mostra seu envolvimento com uma mulher, uma cabeleireira que acabou conhecendo. Tinha medo de que caso viesse a público, poderia acabar com sua carreira.
Imagem relacionada 
Com toda a movimentação que Billie Jean estava causando em relação ao salário, igualdade de gênero, ela acabou chamando atenção do ex-tenista Bobby Riggs, que propôs uma disputa entre os dois. De primeiro momento, Billie negou jogar com ele. Isso fez com que ele jogasse com outra tenista que era concorrente de Billie, essa tenista acaba perdendo e os comentários machistas e desnecessários vieram a tona, com vários jornalistas dizendo que lugar de mulher era na cozinha e no quarto, inclusive Bobby dizia isso entre outras, como os homens eram superiores, por exemplo.

Bobby desafiou qualquer tenista a enfrentá-lo, chegou a triplicar o prêmio de quem ganhasse. É aí que Billie Jean aceita a jogar contra ele. Principalmente para mostrar à ele que uma mulher pode jogar contra ele e que o lugar da mulher pode ser um quadra de tênis se assim ela quiser. 

Bobby Riggs, abaixo, rebate bola na partida contra Billie Jean King  
Foto real da partida entre Billie Jean King e Bobby Riggs(1973)

Toda a tensão e emoção do filme acaba se concentrando na batalha entre eles. Momentos em que Bobby passa a perder, depois Billie perde, e no final, a grande vencedora é Billie Jean King. Que com essa vitória, consegue calar todos os homens que se julgavam até então superiores, inclusive com Bobby dizendo a ela: "Eu te subestimei". Todos que apostaram em Bobby, não conseguiam acreditar. Os homens que tinham ideias machistas, não conseguiam acreditar.



É um filme que mostra a luta de uma mulher por igualdade salarial nos esportes, mostra que lugar de mulher é aonde ela quiser, aborda o assunto do homossexualismo e claro, reforça a ideia de que é a mulher não quer ser superior ou melhor que o homem e sim, que queremos respeito e direitos iguais.

Já assistiram esse filme? Quem não assistiu, espero que tenha ficado interessado. Beijos!

19 comentários

  1. Um tema bem actual, igualdade de género...
    xoxo

    marisascloset.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não assisti, e na verdade nem tinha ouvido falar. Fiquei super interessada e já anotei aqui para assistir :)

    http://www.biigthais.com

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  3. Boa dica!!!

    http://juliamodelodemodelo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Já tinha ouvido falar mais nunca assisti haha xoxo

    LEH BLOG INSTAGRAM

    ResponderExcluir
  5. Eu li um post essa semana sobre, achei a temática interessante mas ainda não vi!
    Beijos

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ainda não tinha ouvido falar desse filme, mas agora vou querer ver. Trata um assunto que infelizmente ainda é actual. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  7. Ainda não assisti
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esta história, mas com certeza vou querer assistir.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia, parece ser bem legal! Eu gosto de filmes baseados em fatos reais.
    www.boas-depapo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ah eu ja vi esse filme e adorei. Seu blog é maravilhoso.beijos https://beperes.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  11. Que bacana, fiquei curiosa para ver este filme!
    bjs
    Patty Lye
    Blog Patty Lye | Canal Patty Lye | Instagram

    ResponderExcluir
  12. Confesso que eu estava louca pra ver esse filme, principalmente por conta da Emma Stone que sempre faz papéis incríveis em todos os filmes que faz. Agora fiquei mais afim de assistir!
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ahh não vi!! Curti a dica! ;)

    Beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. achei o tema do filme muito bom, porque isso deveria acontecer em todas as áreas né?! os atores são bons e gente eu adorei!
    beijos


    https://loucaapaixonada22.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar! Deixa teu link que eu vou visitar você. Beijinhos 😘


19 anos. Estudante de jornalismo. Apaixonada por cultura, viagens, café, livros e música. Criei o Luanices para adquirir conhecimentos e poder passar um tico do que eu sei.


Estou lendo